Magnífica resposta da nossa equipa num jogo não tão evidente quanto isso mas com o final mais importante, os 3 pontos encaixados!

Uma palavra de orgulho pela equipa que, num contexto bastante adverso, consegui unir as mãos e terminar o jogo em crescendo.

Depois da derrota da véspera e de se encontrar a perder por 1-0 em casa, contra uma equipa que é uma das sensações deste campeonato, só mesmo uma forte resposta colectiva poderia levar a equipa para longe do perigo. E ela foi dada! A equipa terminou com 10 blocos e 5 ases.

Mais uma vez o nosso público respondeu “presente” e foi uma enorme ajuda neste processo.

O jogo terminou com um justo 3-1 para a Fonte com os parciais de 26-28, 25-20, 25-19 e 25-20 com a duração de duas horas e 8 minutos.

Uma palavra para o adversário que parece começar a querer voltar aos velhos tempos. Bruno Carvalho de volta ao banco (excelente notícia para a modalidade) parece ter encontrado a fórmula certa.

Melhores pontuadores do lado da Fonte tivemos Kaio (25) e Reinaldo (12) e do lado do Leixões Filipe Pinto (25).

 

MVP : 9 Robert Viiber